Quarta-feira, 29 de Maio, 2024

Sete detidos suspeitos de planear ataque terrorista na Bélgica

Sete pessoas, cinco de nacionalidade belga, um turco e um búlgaro, foram hoje detidas na Bélgica, em duas investigações sobre “possíveis ataques terroristas”, adiantou o Ministério Público federal.

Os suspeitos, a maioria na casa dos 20 anos, foram detidos na madrugada de segunda-feira, durante uma operação contra movimentos ‘jihadistas’ que visou jovens radicalizados.

O Ministério Público Federal anunciou oito detenções na terça-feira de manhã, sendo que um dos suspeitos foi libertado.

As detenções ocorreram no contexto de duas investigações em andamento em Bruxelas e na Antuérpia, que têm “ligações entre elas”, e depois de suspeitas de planeamento de um ataque, referiu a procuradoria.

Os alvos potenciais destes terroristas não foram determinados nesta fase, noticiou a agência France-Presse (AFP).

O juiz de instrução na investigação realizada em Antuérpia determinou hoje quatro mandados de detenção.

Estes tiveram como alvo Elias E.A., nascido em 2003, de nacionalidade belga, Sebastian B. (2003, belga) Harun C. (1987, turco) e Vanessa B. (1999, belga)”, detalhou a procuradoria em comunicado.

Os quatro foram acusados de “participar em atividades de um grupo terrorista”, “preparar um crime terrorista”, “divulgar uma mensagem com a intenção de incitar à prática de um crime terrorista” e “tentativa de homicídio num contexto terrorista”, acrescentou a mesma fonte.

No caso investigado em Bruxelas, três outros suspeitos foram detidos: Adam D., nascido em 2004, de nacionalidade belga, Karim H. (2000, belga) e Sergey R. (2003, búlgaro)”.

Sergey R. e Karim H. são acusados de uma única acusação de “participação nas atividades de um grupo terrorista”, indica ainda a acusação.

Adam D. também é acusado de “preparar um crime terrorista” e “divulgar uma mensagem com a intenção de incitar a cometer um crime terrorista”.

Na investigação em Bruxelas, os três suspeitos foram detidos em Molenbeek, Schaerbeek (dois municípios da capital belga) e em Zaventem, próximo de Bruxelas.

Já no caso investigado em Antuérpia, um dos cinco suspeitos detidos na madrugada de segunda-feira foi libertado.

Os sete suspeitos detidos vão comparecer na segunda-feira perante o tribunal responsável pela fiscalização da prisão preventiva.

Lusa

×
×

Cart