Governo anuncia concurso para accionistas da Unitel

O Executivo angolano vai abrir um concurso internacional para novos accionistas da empresa de telecomunicações Unitel, anunciou, o ministro dos Recursos Naturais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo.

No quadro da nacionalização de algumas empresas em curso no país, as quotas de dois accionistas da Unitel foram, recentemente, passadas para a esfera do Estado angolano.

Em declarações à imprensa, esta sexta-feira, em Oslo (Noruega), o governante disse que esse passo teve por objectivo proteger “activos estratégicos” para o sector das telecomunicações em Angola.



A medida, segundo o ministro, também visa proteger e assegurar maior estabilidade e eficiência à empresa de telefonia móvel que tem na Sonangol um dos principais accionistas.

A empresa conta, actualmente, com mais de 12 milhões de clientes. Opera em quase toda a extensão do território nacional e ocupa uma quota de mercado de 80% e disponibiliza aos seus clientes os serviços de 2G, 3G e 4G, na maioria das províncias.

Angop



Para todo o tipo de comunicação, utilizar os seguintes contactos:

Designed by nzaylakasesa,lda.