Quinta-feira, 13 de Junho, 2024

Levantada cerca sanitária do bairro Sambizanga

Após 27 dias de confinamento em decorrência do registo de um caso positivo de Covid-19, as autoridades de saúde do Cuanza Norte procederam ao levantamento da cerca sanitária do bairro Sambizanga, na periferia da cidade de Ndalatando (capital do Cuanza Norte).

O bairro esteve sob cerca sanitária devido ao caso positivo rnvolvendo o proprietário de um estabelecimento comercial muito frequentado pelos moradores.

Em declarações à imprensa, a directora provincial a saúde, Filomena Wilson, esclareceu que o confinamento havia abrangido uma área com mais de 80 famílias.

Por esta altura apenas o bairro Posse mantém-se em cerca sanitária, esperando pela realização dos  testes rápidos dos moradores.

Maria Filomena Wilson disse terem sido realizados mais de mil testes rápidos de Covid-19 ao nível da província, sobretudo aos quadros do governo, funcionários públicos e aos moradores das cercas sanitárias.

Alguns moradores da cerca levantada, consideraram os 27 dias de confinamento como tendo sido angustiantes, mas enalteceram o empenho das autoridades sanitárias e do governo, sobretudo no apoio em sextas básicas, acompanhamento médico e psicológico das famílias.

A província do Cuanza Norte tem um registo de 16 casos positivos de Covid-19.

O Cazengo (município sede do Cuanza Norte) é a segunda região do país a registar casos positivos de Covid-19, após Luanda. Cazengo e Luanda estão submetidas a nova cerca sanitária desde o dia 9 deste mês.

×
×

Cart