Quinta-feira, 23 de Maio, 2024

Deslizamento de terra mata 19 pessoas entre os quais dois bebés

Pelo menos 19 pessoas, incluindo dois bebés, morreram domingo num deslizamento de terras na província de Kivu do Norte, nordeste da República Democrática do Congo, segundo líderes da sociedade civil, citado pela EFE.

“Aconteceu por volta das 10:00 da manhã (10:00 em Luanda). Foi enquanto as mulheres se banhavam com os seus filhos no rio e de repente uma parte da terra caiu sobre eles e engoliu-os, causando enormes perdas humanas”, disse à agência de notícias espanhola EFE por telefone David Mwisha, presidente da sociedade civil do território Masisi, onde se encontra a aldeia afectada de Bulwa.

“Segundo informações preliminares, 19 pessoas morreram, incluindo dois bebés e mulheres”, indicou o líder.

Acrescentando que a busca de possíveis vítimas continuava, o que poderia aumentar o número de mortos devido ao deslizamento de terras, causado “pela chuva que tinha caído”.

“Este tipo de incidente é comum aqui em Masisi devido à fragilidade do solo e a certas partes da montanha que cedem”, referiu o responsável.

O tipo de solo na zona onde se situa o território de Masisi, que é muito vulnerável à erosão, é facilmente enfraquecido por factores como as chuvas torrenciais, que por vezes causam acidentes deste tipo, algo que pode ser aliviado pela plantação de árvores.

“Pedimos à população que continue a plantar árvores para eventualmente evitar que desastres semelhantes aconteçam. Porque os deslizamentos de terras e a erosão tornaram-se frequentes em território Masisi e isto causa muitos danos”, disse Alexis Bahunga, o deputado provincial do Kivu do Norte, aos meios de comunicação locais após o acidente.

Angop

×
×

Cart