Quinta-feira, 23 de Maio, 2024

Chefe do EI responsável por ataques na Europa morto em operação norte-americana na Síria

Um chefe do grupo extremista Estado Islâmico (EI), responsável por ataques perpetrados na Europa, morreu hoje numa operação norte-americana na Síria, anunciou o comando militar dos EUA para o Médio Oriente (Centcom).

Khaled Aydd Ahmad al-Jaburi era, nomeadamente, “responsável pelo planeamento de ataques do EI na Europa”, indicou, em comunicado.

O Centcom sublinhou que a morte deste responsável ia “perturbar temporariamente a capacidade da organização para fomentar ataques no estrangeiro”.

O comando militar norte-americano não esclareceu se o bombardeamento ocorreu na Síria, mas precisou que nenhum civil foi morto ou ferido no ataque.

“O EI continua a representar uma ameaça para a região e além dela”, afirmou o chefe do Centcom, general Mike Kurilla, citado na mesma nota.

“Mesmo enfraquecido, o grupo continua capaz de realizar operações na região, com a intenção de atacar além do Médio Oriente”, disse.

Desde a derrota territorial do EI na Síria, em 2019, várias centenas de soldados norte-americanos, destacados no nordeste do país, continuam a combater ao lado das Força Democráticas Sírias (FDS, dominadas pelos curdos) contra presumíveis membros do EI.

Em outubro de 2019, os EUA anunciaram a morte do chefe do EI, Abu Bakr al-Baghdadi, numa operação norte-americana no noroeste da Síria.

Lusa

×
×

Cart