Segunda-feira, 15 de Abril, 2024

Governo investe 1,6 milhões de dólares para produzir moeda comemorativa alusiva aos 20 anos de paz

O governo angolano investiu 1,6 milhões de dólares (1,4 milhões de euros) para a emissão da moeda metálica no valor de 200 kwanzas (0,28 euros) alusiva ao 20.º aniversário da paz no país, anunciou hoje o banco central angolano.

A informação foi transmitida hoje pelo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, dando conta que as moedas comemorativas ao 20.º aniversário da paz em Angola, que se celebra em 04 de abril de 2022, estão a ser produzidas pela firma russa Goznak.

“A nossa intenção, e tudo está ser feito para que assim aconteça, é que elas entrem em circulação no dia 04 de abril de 2022, e assim podermos assinalar essa data tão importante para todos nós angolanos”, afirmou hoje o responsável em conferência de imprensa.

José de Lima Massano falava hoje no final da 103ª sessão ordinária do Comité de Política Monetária do BNA, que decorreu esta sexta-feira, no edifício sede do banco central angolano, em Luanda.

A emissão de uma moeda celebrativa dos 20 anos de paz em Angola foi aprovada em novembro de 2021 pelo parlamento angolano.

Segundo o relatório de fundamentação da lei que autoriza o BNA a emitir e pôr em circulação a referida moeda, a iniciativa visa “contribuir para a unidade e coesão nacional, promovendo a paz e a angolanidade, bem como o valor numismático do kwanza”.

A iniciativa do executivo angolano, refere o documento, enquadra-se no âmbito dos custos incorridos pelo BNA no âmbito da sua responsabilidade relativamente à produção de notas e moedas metálicas de curso legal e poder liberatório na República de Angola.

Diâmetro de 28,5 milímetros, 10,5 gramas, unicolor, semi-serrilhada com cor prateada são algumas das características da moeda comemorativa aos 20 anos de paz e reconciliação nacional em Angola.

No anverso da moeda, destaca-se o motivo, representado pelo “abraço fraterno e o sentimento de união nacional entre os angolanos” e a inscrição no topo “PAZ E RECONCILIAÇÃO NACIONAL”.

Destacam-se ainda, entre as características, a inscrição “2002-2022”, relativo ao ano da assinatura do memorando de entendimento e do acordo que estabeleceu a paz em Angola.

Lusa

×
×

Cart