Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024

UNITA lamenta “partida precoce” de Luther Rescova

A União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) lamentou hoje a “partida precoce” de Luther Rescova, dirigente do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), que morreu na sexta-feira por covid-19.

“O que mais nos marca é a sua juventude e partida precoce para lá da dimensão terrena. São imensos e difíceis os desafios que o nosso país tem pela frente, que só poderão ser vencidos através da dedicação, do engenho e da arte dos seus melhores filhos”, frisou o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, numa mensagem de condolências.

A página oficial da Presidência da República de Angola na rede social Facebook comunicou ao início da noite de sexta-feira a morte “por doença” de Sérgio Luther Rescova, governador do Uíje e antigo governador de Luanda, aos 40 anos.

×
×

Cart