Terça-feira, 27 de Fevereiro, 2024

Países lusófonos devem focar-se na ajuda aos mais frágeis – Economista

A professora de Economia na Nova SBE Susana Peralta defendeu hoje que os países lusófonos africanos devem focar-se nos serviços públicos e numa rede de segurança para ajudar a população mais vulnerável.

“Os bancos centrais devem assegurar serviços públicos e uma ‘safety net’ [rede de segurança] para os mais vulneráveis”, disse a investigadora durante a sua intervenção nos XXX Encontros de Lisboa, que reúne hoje, em formato virtual, os governadores dos bancos centrais dos países de língua portuguesa.

A produtividade e o emprego foram duas das preocupações apontadas pela professora de Economia, que afirmou também que a política monetária pode funcionar nos países emergentes, que não têm taxas de juro muito baixas, mas salientou que os mecanismos de transmissão monetária são geralmente mais fracos nestas economias.

×
×

Cart