Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024

Trump chama Kamala Harris de ‘monstro’

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou de “monstro”, nesta quinta-feira (8), a senadora Kamala Harris, que pode se tornar a primeira vice-presidente negra do país.

Muito atrás na disputa em 3 de novembro pela Casa Branca com seu rival democrata, Joe Biden, e com um desempenho especialmente ruim nas pesquisas entre as mulheres, Trump usou essa palavra duas vezes, referindo-se a Harris como “este monstro”.

Em sua primeira entrevista desde que testou positivo para o coronavírus, Trump disse que o vice-presidente Mike Pence “destruiu” Harris no debate de quarta-feira em Utah.

“Tudo o que ela disse é mentira”, afirmou Trump sobre a companheira de chapa de Biden, em declarações ao canal Fox Business News por quase uma hora.

Harris, que também é a primeira pessoa de ascendência indiana a competir pela vice-presidência dos Estados Unidos, passou a maior parte do debate televisionado com Pence atacando Trump por sua resposta à covid-19, acusando-o de liderar o que – segundo ela – foi “o maior fracasso de qualquer governo presidencial na história do nosso país”.

Na entrevista à Fox, Trump mais uma vez descreveu Biden – que lidera confortavelmente quase todas as pesquisas de opinião importantes em nível nacional – como “mentalmente incapaz”.

“Todo mundo sabe disso”, afirmou o presidente, acrescentando que “Biden não será presidente nem por dois meses”.

Trump, que vem criticando Biden há tempos por ser idoso e chamou Harris de “desagradável”, também retomou uma de suas afirmações mais questionadas como político: que os imigrantes latino-americanos em condição ilegal são criminosos graves.

Os democratas “querem que milhares de pessoas que são assassinos, estupradores, simplesmente entrem no nosso país. Podem ser pessoas muito doentes”, disse.

Descrições semelhantes de imigrantes em situação clandestina foram a marca registrada da retórica de Trump desde que anunciou sua candidatura presidencial em 2015. À época, ele declarou que os mexicanos que chegam aos Estados Unidos são criminosos, “estupradores e alguns, suponho, são boas pessoas”.

×
×

Cart