Terça-feira, 25 de Junho, 2024

Número de novos casos dispara para 730 em Espanha

Espanha registou 730 casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, um aumento acentuado de mais 201 contágios em relação aos 529 de terça-feira, segundo dados do Ministério da Saúde espanhol.

O relatório divulgado hoje com a situação epidemiológica atualizou o total de pessoas infetadas desde o início da pandemia para 267.551, dos quais 730 diagnosticados no último dia, o número mais elevado desde o fim do estado de emergência, há um mês.

A comunidade autónoma de Aragão é a região com mais novos casos verificados no último dia (309), seguida da de Navarra (132), Madrid (70) e Catalunha (58).

Por outro lado, são agora 28.426 o número total de óbitos devido à pandemia, dos quais dois nas últimas 24 horas e 12 nos últimos sete dias.

Espanha tem 224 surtos ativos de covid-19, mais 23 do que há dois dias, com 2.622 casos positivos da doença associados, estando a maioria deles controlados, disse hoje o ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa.

O responsável governamental explicou no parlamento espanhol que a maioria dos surtos estão ligados à atividade da apanha da fruta e a espaços onde as medidas de prevenção são descuidadas, tais como o ambiente familiar e a vida noturna.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 616 mil mortos e infetou quase 15 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (142.068) e mais casos de infeção confirmados (mais de 3,9 milhões).

Seguem-se Brasil (81.487 mortos, mais de 2,1 milhões de casos), Reino Unido (45.501 mortos, mais de 296 mil casos), México (40.507 mortos, mais de 356 mil casos), Itália (35.073 mortos e mais de 244 mil casos), França (30.177 mortos, mais de 331 mil casos) e Espanha (28.426 mortos, mais de 267 mil casos).

×
×

Cart