Sábado, 22 de Junho, 2024

Ex-Presidente Chissano classifica violência em Cabo Delgado como “vírus”

O antigo chefe de Estado moçambicano Joaquim Chissano classificou hoje os ataques de grupos armados em Cabo Delgado como um “vírus”, considerando necessário evitar o recrutamento de jovens.

“Eu considero que o terrorismo é uma pandemia cujo vírus é o Homem. Temos de encontrar uma maneira de combater este vírus humano”, disse Joaquim Chissano, em entrevista à Rádio Moçambique.

A província de Cabo Delgado, onde avança o maior investimento privado de África para exploração de gás natural, está sob ataque desde outubro de 2017 por insurgentes, classificados desde o início do ano pelas autoridades moçambicanas e internacionais como uma ameaça terrorista.

×
×

Cart