Domingo, 23 de Junho, 2024

Trinta cidadãos regressam a Luanda

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, anunciou o regresso, nesta sexta-feira, de cidadãos angolanos que nos últimos dias estiveram em quarentena no Cunene, mesmo depois de terem testado negativo a covid-19.

Franco Mufinda fez estas declarações à imprensa, esta sexta-feira, em Ondjiva, província do Cunene, onde entregou ao Governo local, 14 toneladas de material de biossegurança para prevenção contra a covid-19.

Segundo o governante, trata-se de 30 cidadãos nacionais, oriundos da República da Namíbia, com residência fixa na capital do país, que já cumpriram, no Cunene, o período de quarentena e cujo resultados dos testes sobre a covid-19 deram negativos.

Cunene conta com oito centros de quarentena institucional, onde estão alojados 53 cidadãos, enquanto 287 outros estão em quarentena domiciliar.

×
×

Cart