Quinta-feira, 20 de Junho, 2024

França perdeu meio milhão de empregos no primeiro trimestre de 2020

A França perdeu meio milhão de empregos no primeiro trimestre do ano, a maior redução trimestral pelo menos desde 1990, informou hoje o Instituto Nacional de Estatística francês (INSEE).

No primeiro trimestre do ano, o país perdeu 502.400 empregos, passando o total de empregados a ser de 25.041.400 no final de março, o nível mais baixo desde o quarto trimestre de 2017, anunciou o INSEE.

O número de postos de trabalho assalariado perdidos em França entre janeiro e março foi quase exclusivamente no setor privado (497.400), segundo os dados oficiais.

A França é um dos países mais afetados pela pandemia de covid-19, contabilizando 29.319 mortos (o quinto país com mais vítimas mortais) e mais de 191 mil casos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 412 mil mortos e infetou quase 7,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (112.833) e mais casos de infeção confirmados (quase 2 milhões). Seguem-se o Reino Unido (41.128 mortos, mais de 299 mil casos), o Brasil (39.680 mortes, mais de 772 mil casos) e a Itália (34.114 mortos, mais de 235 mil casos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

×
×

Cart