Quinta-feira, 13 de Junho, 2024

Suposto ladrão queimado vivo em Cacuaco

Um cidadão, supostamente ladrão de motorizadas, foi queimado vivo, na madrugada desta terça-feira, depois de ter sido espancado pela população, no município de Cacucao, em Luanda.

O indivíduo em causa foi apanhado pela população por volta das 4h 30, no bairro da Cerâmica, após uma tentativa de roubo de uma motorizada à mão armada.

A população, ao invés de s levar a uma esquadra da Polícia Nacional, optou por espancá-lo e carbonizar o ladrão.

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, em coordenação com o Serviço de Investigação Criminal (SIC), removeu já o corpo não identificado, e corre um processo crime.

De acordo com uma fonte do SIC, diligências estão a ser realizadas para a identificação dos autores do acto.

O director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior, Hermenegildo de Brito,  exortou a população a evitar a prática de justiça por mãos próprias, sob pena de incorrerem em crimes graves.

Enfatizou que estes actos, sobretudo os que resultam em morte, prejudicam a convivência a comunitária.

De salientar que, no sábado, dois outros supostos ladrões, com idades entre os 25 e 30 anos, foram espancados e queimados no bairro da Barra do Bengo, alegadamente quando tentavam assaltar uma residência.

×
×

Cart