Terça-feira, 23 de Abril, 2024

Angola sem casos positivos há 48 horas

As autoridades sanitárias nacionais anunciaram, nesta quinta-feira, que o quadro epidemiológico mantém-se nos 36 casos positivos da covid-19.

De acordo com o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que fez a actualização de dados,  a estatística indica, até ao momento dois óbitos, 11 recuperados e 23 activos e estáveis.

Informou que estão 1.139 cidadãos em quarentena institucional e 1.007 contactos directos e ocasionais sob vigilância.

Foram recolhidas 5.092 amostras, das quais 36 deram positivo, 4.370 deram negativo e 686 estão em processamento.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estimou hoje que a pandemia provocada pelo novo coronavírus pode matar 190 mil pessoas em África, entre os 44 milhões que podem ficar infetados se as medidas de contenção falharem.

O número de mortos devido à covid-19 em África ultrapassou hoje os dois mil, com mais de 51 mil casos da doença registados em 53 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas, o número de mortos subiu de 1.959 para 2.012, enquanto as infeções aumentaram de 49.352 para 51.698.

O número total de doentes recuperados subiu de 16.315 para 17.590.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 263 mil mortos e infetou cerca de 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

×
×

Cart