Quinta-feira, 23 de Maio, 2024

Cidadão condenado a 16 de prisão por homicídio e ocultação de cadáver

O Tribunal Provincial da Lunda Norte condenou Costa Moto, nesta segunda-feira, a 16 anos de prisão maior, por crime de homicídio voluntário e ocultação de cadáver.

De acordo com o juiz da causa, Baptista Nguejo, o réu praticou tal crime contra uma parente por crença ao feiticismo.

Na sequência, pagará à família da vítima um milhão de kwanzas de indemnização e 100 mil kwanzas de taxa de justiça.

Angop

×
×

Cart